Translate

Archive for 5/13/12 - 5/20/12

Líbano: 24 horas de confronto entre FSA (Exército Livre Sírio) e Hezbollah

De terça para quarta a situação na fronteira do Líbano com a Síria ficou ainda mais violenta. Com a infiltração do Hezbollah que tem atuado à serviço do regime sírio para exterminar os mais de 100 mil refugiados sírios no país, o FSA (Exército Livre Sírio) saiu em defesa do seu povo. Esta estratégia mantém o exército rebelde bastante ocupado enquanto a Síria se torna ainda mais frágil na mão de seu mais devastador inimigo: O Estado.

FSA (Free Syrian Army) indo em socorro dos 39 sequestrados pelo Hezbollah,
na fronteira no Norte do Líbano. Foto: "NBS"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Maio de 2012 - 13h25 GMT-3

A agência síria de notícias rebelde "NBS" disse no início do dia que o Exército Livre lutou violentamente com o Hezbollah durante intensas 24 horas. O confronto se iniciou após a chegada do grupo terrorista Hezbollah que invadiu um número de aldeias localizadas na fronteira Síria/Líbano tendo sequestrado 37 civis e 2 dissidentes sírios. O relatório informou que estas aldeias (na altura de Homs) próximas da fronteira no Norte do Líbano, acabaram ficando sob fogo cruzado e ainda o fogo cerrado da artilharia síria.

A fonte citou o batalhão (77) Farouk como tendo saído em socorro dos sequestrados e em defesa do povo de Homs ligado à fronteira. Segundo a "NBS", o confronto foi encerrado com a campanha bem sucedida do "FSA" que negociou a troca de prisioneiros, tendo conseguido resgatar os 37 civis e os 2 dissidentes membros do FSA.

Bahrein: Mais de 100 anos de demanda reprimida com fogo.

Há pelo menos 100 anos o povo do Bahrein decidiu expressar suas necessidades de mudanças na estrutura política, financeira, administrativa de seu país, mas esforço governamental que sufocou por forças de repressão as demandas populares de 1922, ainda permanece. Sob pesado jugo, o Bahrein vive silenciado pelo estrondo das armas de fogo. Não mais amedrontado. Ele decidiu dar a vida em troca da liberdade.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Maio de 2012 - 08h15 GMT-3

Como em todo o mundo árabe, Xiitas e Sunitas brigam por um lugar à sombra, enquanto o sol castiga seus lombos ainda mais sacrificados por pesadas regras dos governos. Mas há países em que as diferenças raciais já não importa. Eles se uniram para dar fim ao monopólio do poder, das leis, da religião e pela liberdade de expressão.
Foto divulgada pelo ativista

Coisa que tem acontecido no Bahrein desde o início da primavera árabe nos primeiros meses de 2011, em que manifestantes abriam a boca para pedir justiça e recebiam um tiro de fuzil na boca. (eu mesmo assisti isto).

Na foto ao lado pelo menos duas mulheres foram presas no dia 03 de Abril ao demonstrarem apoio ao ativista dos Direitos Humanos Abdulhadi al-Khawaja. O fato divulgado pelo site pró-regime e anti-americano "europeanphoenix" aconteceu na capital Manama.

Liberdade de Expressão limitada

No dia 14 de Maio de 2012 o governo do Bahrein alertou à oposição quanto à promoção de palavras e imagens de anti-governistas na internet, (em especial no Twitter) lançando mais uma campanha para silenciar as vozes de uma grande nação. Até mesmo os cartoons estão sendo perseguidos na internet. Aconteceu com o cartunista brasileiro Carlos Lattuf que foi contactado pelo "IAA SARA" que controla o conteúdo de toda informação do Bahrein. Via Twitter, a organização governamental condenou os trabalhos do cartunista por não estarem em conformidade com os padrões de "integridade jornalística" e à "liberdade de expressão", acusando os cartoons de graves erros tendo ultrapassado os limites de acusações contra o regime governado pelo Rei Hamad.



Nossas publicações sobre os acontecimentos no Bahrein estão apenas começando. Fique com a gente.

Conheça o povo curdo na história antiga - BlogHumans

O POVO CURDO NA HISTÓRIA


Conheça a história do Kurdistão. O BlogHumans e um grupo de mais de 70 curdos volutários, estamos reorganizando a história antiga perdida do povo curdo. Este projeto ajudará a explicar muitos fatos não compreendidos ou confusos na história do Oriente Médio antes da era cristã. Os artigos são publicados em árabe, inglês, português e na língua curda. Lá você vai encontrar fotos de pessoas lendárias, artigos arquelógicos achados, inclusive destroços da Arca de Noé. Se você é apaixonado por história antiga, faça parte deste clube! Dê um "like" e apaixone-se!


Síria: Rastan sitiada: 11 horas sob bombardeio por canhões.

O povo sírio está sendo caçado literalmente pelo seu próprio presidente. Dentro e fora do país, suas tropas e milícias contratadas estão exterminando a população civil, mesmo os que têm dupla nacionalidade, ou mesmo refugiados. Estão sendo todos assassinados por não aceitar a permanência de Al-Assad no poder. Ainda estão sendo executadas todas as pessoas que se aproximam dos observadores com denúncias dos crimes do regime.

Apesar te todo sofrimento, o povo sírio criou campanha em
favor dos mais de 2000 palestinos no 79º dia de greve de fome
nas prisões israelenses.
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 14 de Maio de 2012 - 07h38 GMT-3
Atualização: 09h30

Relatório do fim de semana

O intrépido ativista que utiliza o pseudo "Mike Árab" (para proteger a si e sua família) disse que neste sábado (12) houve uma grande variedade de bombardeios por toda a Síria. Agora ainda com a "nova" estratégia do regime que é detonar bombas caseiras pelo país, para distrair os Observadores das Nações Unidas, simulando ataques terroristas realizado por supostos grupos ligados à revolução.

Explosões aconteceram em Aleppo, bem em frente à sede do Ba'ath (partido do governo). O regime utilizou a TV estatal para anunciar que um ônibus foi interceptado pelas forças sírias com cerca de 1200 quilos de explosivos (capaz de matar 500 pessoas). Com este anúncio os Observadores estão tendo que se desdobrar para investigar tantas denúncias ao mesmo tempo. Reduzidos e ocupados ao extremo, os membros da missão não estão conseguindo dar conta de tantos acontecimentos paralelos, mas os ativistas sírios têm elogiado o esforço dos profissionais, por estarem realmente cumprindo sua missão.

Isto levou o regime sírio a improvisar meios de "enlouquecer" a missão, ameaçando e matando a qualquer ativista que se aproxime dos Observadores, que foram citados por Mike Árab por periciar o ônibus denunciado pela reportagem.

Mas o regime tem realizado uma gigantescas varreduras pelas cidades sírias, com prisões arbitrárias, tiroteios aleatórios e muitos bombardeios, destacando as cidades de Boukamal e Mayadin. Homs, Hama e Qasir, têm sido bombardeadas. Destaque que Rastan está sendo castigada com tiros de canhão, segundo moradores que enviaram mensagem com pedidos de socorro para o "BlogHumans". Ainda a Vila de Terdeen, na região provinciana de Latakiya, nas cidades de Malaiha Sharqiya, Gharbiya Malaiha, Dael e Jiza na província de Daraa.

Invasões ocorreram em Muhasan (Deir Azzour), Sakkour (Aleppo). Atareb sofreu violento ataque com  mortes registradas de 22 pessoas.

Video: Imagens dos efeitos do bombardeio por canhões do exército sírio em Rastan, neste Domingo.


Mike Árab alertou para a disseminação de minas terrestres ao longo das fronteiras como parte do esforço do regime sírio de evitar a fuga do povo sírio desta caçada desumana e brutal.

Neste sábado Mike citou a explosão de uma mina terrestre perto de refugiados que tentaram cruzar a fronteira para a Turquia (como esforço para escapar das operações do regime na cidade província de Idlib). Varreduras e prisões em massa são registrados na região suburbana da capital Damasco.

Líbano: Relato de violento tiroteio entre Hezbollah e revolucionários na Praça da Luz em Trípoli.

Por Saulo Valley Urgente - 13-05-2012 15h50 GMT-3 - Atualização: 17h24




Um relato vindo de fontes ligadas ao FSA (Exército Livre) afirmou hoje que elementos do grupo terrorista Hezbollah usando carros civis, chegaram atirando na Praça da Luz na Capital líbaneza de Trípoli.


Testemunhas afirmaram que ouviram sons de pesado tiroteio na Capital. De acordo uma fonte entre os revolucionários que os terroristas partiram dos campos de Bekaa até chegar em Trípoli.  Forças resistência foram convocadas.


Errata: Na primeira publicação informamos que a cidade Trípoli era a capital da Líbia, mas estamos corrigindo. O confronto que acontece há mais de 12 horas se dá no Líbano, na capital Trípoli.


Lutadores do FSA (Free Syrian Army) acusam o Hezbollah de ataque terrorista contra o povo sírio. A ação acontece pelo fato de mais de 100.000 refugiados sírios fugiram foram buscar refúgio no país vizinho. O Líbano é, também a maior base militar do FSA (Free Syrian Army), o Exército Livre.


De acordo com a Rádio CBN pelo menos 4 sírios morreram e 24 ficaram feridos nestes confrontos. 
Agências de notícias latinas informam um confronto sectário, mas rebeldes sírios negam o suposto conflito entre sunitas e xiitas. Eles acusam o presidente sírio Bashar Al-Assad de mais uma tentativa de desviar a atenção da comunidade internacional para seus crimes, simulando uma instabilidade no seio da oposição.

Estatisticas

Searching this blog

Popular Post

Blog Archive

Facebook

Blog Humans by World Peoples

My photo

O BlogHumans é uma página de internet voltada para os direitos humanos internacionais, cada vez mais necessários nos atormentados dias de hoje. Escrito em vários idiomas, o BlogHumans é composto por diversos colaboradores internacionais. Ativistas, jornalistas e escritores defendem e lutam pelos direitos de todos os povos oprimidos no planeta.  Seja mais um a colaborar ativamente para a evolução deste importante trabalho para a manutenção da dignidasde da raça humana!
http://bloghumans.blogspot.com

Google+ Followers

Send to a Friend

Share |

Support Us, Please?

There was an error in this gadget

Country Counter

Followers

BlogHumans NGO. Powered by Blogger.

- Copyright © Middle East Daily -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -